Nelson Hubner | 2017 - Atual

Prezados associados, caros empresários e executivos. Estamos iniciando um novo ciclo de atividades em nosso país. Vencidas as primeiras dificuldades de instalação do governo federal e dos governos estaduais, juntamente com a posse dos integrantes dos poderes legislativos em nível federal e nos estados, avançam as ações de consolidação dos propósitos para o período de 2019 e anos seguintes. O recado dado pela população aos políticos serve, também, para os dirigentes de instituições de representação tanto empresarial quanto profissional. Isto significa que devemos ampliar nossos horizontes de visão e nos aproximarmos – cada vez mais, das expectativas de nossos representados. A elaboração de nosso planejamento estratégico permitiu a atenção mais detida a alguns pontos importantes. Os temas centrais CULTURA ASSOCIATIVISTA, DESENVOLVIMENTO LOCAL/REGIONAL e SERVIÇOS AOS ASSOCIADOS serão explorados devidamente com a participação mais intensa da Diretoria e Conselho, juntamente com representantes das empresas. Especialmente com a instituição de Conselhos Temáticos: Infraestrutura e Logística; Legislação Tributária; Micro, Pequena e Média Empresa; Recursos Humanos e Relações Trabalhistas; Responsabilidade Social e Sustentabilidade. Cada um destes conselhos terá a liderança de um empresário e reunirá representantes das empresas com afinidades aos temas, com o objetivo de levantar as questões mais estratégicas demandadas por nossas empresas para serem tratadas pela diretoria e seu encaminhamento aos interlocutores específicos. A abertura de nossos espaços para ações mais diversificadas nos dará mais assertividade no atendimento das demandas do setor empresarial da região. A criação de grupos temáticos trará, além da participação mais focada, também a possibilidade do levantamento de frentes de busca de soluções para problemas coletivos de nossas empresas, justamente com a visão dos próprios protagonistas.Não devemos nos esquecer de que apesar de passado o período eleitoral existe, ainda, um clima de debates – especialmente pelas redes sociais, de intensa vibração. Contribui para este ambiente alguns deslizes dos agentes públicos, notadamente na informação e comunicação. Enfim, para nós empreendedores não existe tempo de mandato, pois nossas empresas foram criadas para serem perenes. Por este e tantos outros motivos resta-nos o trabalho, a determinação e o zelo pelos nossos negócios.Ao disponibilizar a nossa AECIC para apoiar e incentivar estas questões emblemáticas, quero manifestar meu sentimento e desejo que tenham um ótimo ambiente de negócios daqui para frente e se fortaleçam nossos laços de união para o bem comum.   Excelente trabalho a todos! Nelson Roberto Hübner Presidente