Dicas Para Parar De Se Preocupar Com o Que Os Outros Pensam Sobre Você

18 de janeiro de 2018

Uma eterna e dolorosa busca por aprovação… aqui começam monstruosos desafios.

Quando você está muito preocupado com o que outras pessoas pensam a seu respeito, quando fica tentando agradar a todos, com certeza vai continuar não agradando a todos e pior, vai perder seu foco de vida. A questão é que quando prestamos atenção a todas as opiniões, podemos perder o equilíbrio e também começar a perder o controle sobre nós mesmos!

Claro que precisamos buscar informações externas sobre nossa maneira de fazer as coisas, mas buscar percepções para melhorar nosso desempenho e comportamento é bem diferente do que se preocupar o tempo todo com tudo o que todos pensam sobre você.

“Eu não me importo com o que os outros pensam sobre o que eu faço, mas eu me importo muito com o
que eu penso sobre o que eu faço. Isso é caráter.” Theodore Roosevelt

Aqui vão 5 dicas para você estabelecer um limite na busca por aprovação:

1. Você simplesmente não pode agradar a todos.
Não importa o quanto você tente, não importa o quão “agradável” você é com as pessoas. Nunca poderá agradar a todos. Algumas pessoas continuarão falando sobre seu jeito e sua maneira “inapropriada” de pensar, se comportar, respirar, vestir, viver… ufff!

2. Você pode ter uma vida feliz sem a aprovação de todos.
Você não é mais nem menos levando em conta quantas pessoas gostam e aprovam seu comportamento.
É verdade que durante nossa vida sempre nos aconselharam a ser agradáveis a todos. Sim, faz parte do ser humano civilizado tentar ser bacana, e tentamos ser assim com todos, mas de alguma forma continuamos encontrando pessoas que não parecem gostar de nós. Por que? Existe algo de errado com a gente?
Na verdade não.
Só porque algumas pessoas não gostam de nós, não quer dizer que algo esteja errado com nosso jeito de ser. Mas como se livrar disso? Fortalecendo sua autoestima por meio do autoconhecimento.

3. Não se pode controlar o que outras pessoas pensam de você.
De uma certa forma, todos nós vivemos em mundos diferentes, em uma realidade que foi construída com base em nossos valores, aprendizados, pensamentos, crenças e experiências.
Então por vezes o que eu enxergo como certo, outras pessoas podem ver como errado. Aí entra a empatia, que ajuda muito a buscarmos um equilíbrio entre valorizar nosso modo de pensar e ainda assim levar em conta a opinião dos outros. É uma balança, que não pode pesar nem mais nem menos.

4. Buscar aprovação alheia gasta sua energia.
Toda vez que você passa seu tempo valorizando, analisando e discutindo sobre o que “fulano” ou “beltrano” disse sobre você, não está só desperdiçando seu tempo, mas também está desperdiçando uma energia muito preciosa.

5. A única pessoa que você precisa impressionar é você mesmo.
Se você gosta do seu jeito de ser, se aprova sua maneira de enxergar as coisas, se no dia a dia busca ser melhor e evoluir em seus valores pessoais, acredite, não será mais tão importante saber o que as pessoas falam sobre você. Buscar o meio termo e valorizar suas ideias, assim como levar em conta as dos outros é importante para ter um equilíbrio. Filtrando informações você poderá ter uma vida mais plena e com mais paz!

Até a próxima semana!
Cristiane Ribas – Consultora Estratégica de RH
De Bernt Entschev Human Capital

< Voltar