ELEIÇÕES DE 2020 EM CURITIBA

4 de novembro de 2020

Na semana de 26 a 30 de outubro a presidência da AECIC (juntamente com alguns Diretores) recebeu a visita de candidatos a prefeitura de Curitiba. Na terça-feira o Deputado Estadual Goura, que concorre pelo PDT apresentou suas principais ações. Defende a maior participação da mulher na gestão do município. Sua vice, Ana Moro é empresária e comprova a tese. Questões de meio ambiente, mobilidade, segurança, educação e abertura ao diálogo fazem parte deste cenário de gestão.
Na quarta-feira houve a presença do Deputado Estadual Francischini. A sua plataforma de governo prevê a nomeação de secretários pelo critério essencialmente técnico e não politico. Na área de transportes defende a implantação da linha amarela, com a utilização da estrutura ferroviária para pessoas e não cargas. A ligação com Almirante Tamandaré/Rio Branco do Sul e na outra via com Pinhais e Piraquara. Defende uma ampla renegociação de débitos de impostos municipais para empresas de micro, pequeno e médio porte e a viabilização de financiamento com fundo de aval municipal. Também, a Curitiba fácil no tocante a documentação para abertura e manutenção de empreendimentos.
Na sexta-feira esteve visitando a AECIC o atual prefeito e candidato a reeleição, Rafael Greca e seu vice Eduardo. Com uma grande vantagem nas pesquisas, até o presente momento, se posiciona na proposta de ampliação de alguns projetos iniciados na atual gestão. São obras e serviços na infraestrutura, transportes, cultura, laser, esporte e meio ambiente. A modernização no atendimento aos contribuintes e para a CIC a participação efetiva nas obras inerentes ao município de Curitiba do projeto de melhoria do Contorno Sul.
Na terça-feira, 03/11 o candidato Joao Guilherme e sua vice, Geovana, estiveram presentes na sede da AECIC. Iniciou sua apresentação dando ênfase para suas atividades empresariais na área da saúde e manifestando seu propósito de levar as práticas de gestão empresarial na dinâmica do setor publico. O partido NOVO não usa recursos públicos para o desenvolvimento de sua campanha porque prefere que este recurso seja direcionado para outras prioridades existentes.

< Voltar